Festival CeltiRock 2010

Data: 07 DE AGOSTO DE 2010

Edição: VII

Local: Vilar de Perdizes – Montalegre

Em Vilar de Perdizes, a mística aldeia do concelho de Montalegre, acontece Sábado, dia 07 de Agosto, a 7.ª Edição do Festival CeltiRock, uma organização da Invensons, que conta com os apoios do Instituto Português da Juventude, da Direcção Regional de Cultura do Norte, da Associação de Defesa do Património de Vilar de Perdizes e da Junta de Freguesia de Vilar de Perdizes.
A manhã será preenchida com a Rota do Contrabando, organizada pela Associação de Defesa do Património de Vilar de Perdizes. Trata-se de uma caminhada que tem como objectivo mostrar aos participantes o modo como se fazia o contrabando na região raiana. Os participantes devem usar roupa e calçado adequados.
Na parte da tarde, como vem sendo habitual, haverá visitas guiadas ao património da aldeia, jogos populares e exposição e venda de ervas e chás medicinais, licores e outros produtos locais.
À noite será a vez de subirem ao palco os Rakia e os Ósmavati, terminando o espectáculo com o Esconjuro da Queimada, no qual, os presentes poderão apreciar a deliciosa poção mágica.

Rakia: Cantar em esperanto…

Rakia, do fogo nasce a água que aquece a alma, que entra pelo corpo e o incendeia, gole por gole, gota por gota, e da música surge a entrega à cultura do mundo.
Rakia é um projecto que conta com cinco músicos e se dedica à world music, encontrando a sua identidade na fusão entre o tradicional e o moderno.
Os seus instrumentos são os mais variados, oriundos de várias partes do mundo: 2 vozes femininas, viola campaniça, violino, flauta transversal, bateria, derbouka, cajon, guitarra e baixo.
Rakia entrega-se à partilha da música de fusão. Entre vozes cantadas em esperanto, em português ou simplesmente numa linguagem própria, os instrumentos ressoam e dois corpos femininos dançam, contagiando o público numa entrega sem limites.
Foi considerado por votação do público como o Melhor Grupo do Festival Acustic Omaggio 2010, em Itália.

Ósmavati: A alegria contagiante da música Klezmer…

Improvisação e liberdade em palco são sinónimos de Ósmavati.
Com a alegria contagiante da música Klezmer, fazem-nos viver e sonhar em ambientes de carácter festivo, onde a qualidade de execução se funde com sonoridades estonteantes e imprevisíveis!

Apesar de ser um grupo recente, já participou em bastantes concertos e festivais por todo o país, destacando-se o Festival Andanças 2008 e o concerto no programa da RTP, Portugal no Coração.

Foi ainda uma das 25 bandas seleccionadas para participar no Termómetro 2008 num lote de 365 bandas inscritas.

Com uma cultura técnica e musical apurada, o grupo Ósmavati promete um grande ambiente musical e muita interacção com o público, onde o convívio e a alegria klezmer são o mais importante!

Tags: , , , ,